TOP 10 hostels na europa que já me hospedei por aí

Tem lugares que nos marcam de alguma maneira, seja pela localização fantástica, pelo quarto mega bem decorado ou por aquela vista maravilhosa na cara do ponto turístico mais legal da cidade e tem tantos outros que você nem gosta de lembrar que um dia já teve a má sorte de pisar, esses a gente esquece e finge que não aconteceu, mas os bons lugares, a gente recomenda, passa a informação adiante, posta no blog, comenta com a vizinha e anota no papel para sua amiga incluir no roteiro dela e não consegue parar de repetir que o lugar é incrível, que ela vai adorar, que não vai se arrepender nunca de ter escolhido lá. Sou totalmente uma entusiasta daquelas que ama “lugares-que-você-precisa-ir”! Bom, são desses lugares que tirei essa lista, os mais legais, bem decorados, limpos e do staff mais gentil de todos que já tive a oportunidade de conhecer. Continue reading

📝 Relato de Viagem | As cores e sabores de Belém do Pará {Parte 2}

E não é que não coube tudo em um único relato? Para quem nunca nem tinha pensado em visitar Belém há algum tempo até que deu pano para manga, né?

A primeira parte desse relato de viagem começou exatamente em As cores e sabores de Belém de Pará, então se você perdeu ou se sentiu falta de algum tópico que não encontrou nesse relato, dá uma espiadinha lá, porque tem muita coisa legal para encher os olhos!  Continue reading

📝 Relato de Viagem | As cores e sabores de Belém do Pará {Parte 1}

Conhecer Belém parecia bem distante para mim, não só pelas 3h35 que separam São Paulo de lá, mas também não aparecia nenhuma passagem em promoção, tudo acima de R$ 500, o que era bastante inviável, sem contar a falta de férias e feriados que nos dessem tempo suficiente para conhecer a capital do Pará como ela deve ser conhecida. Mesmo assim, não mudamos de ideia e Belém continuou na nossa listinha de lugares para ir antes de sair do Brasil. Por sorte, não por muito tempo. Quer saber como foi e ir também? Continua lendo! Continue reading

Como eu aprendi Inglês {e como você pode aprender também}

Para ser sincera, eu era péssima em inglês, não tanto quanto tocando flauta ou fazendo ballet, mas eu era ruim e sabia disso. Mesmo tendo aulas de inglês por 2 horinhas aos finais de semana, eu mal conseguia me comunicar, era uma vergonha.. eu me sentia envergonhada toda hora que precisava falar alguma coisa ou entender o que estava acontecendo e então, resolvi tomar partido nessa situação. Foi quando eu decidi largar a faculdade e emprego para me concentrar só nisso e parar de passar vergonha, sem nem contar todas aquelas oportunidades que a gente perde por não falar nadica de nada. No meio primeiro dia de aula na escola de inglês em Dublin, eu me lembro bem, a primeira matéria que peguei foi “Comparatives and Superlatives” e não sei você, mas eu morri de medo, não entendia nada do que o simpático do professor dizia e tinha certeza absoluta que fizeram o teste de nivelamento errado comigo. Saí do Brasil no intermediário e me colocaram também no intermediário lá, que engano! Saí da sala quase chorando do choque e pedi para voltar um nível, foi a melhor coisa que eu fiz. Todas as dicas aqui são minhas, foi o jeito que eu achei que funcionava mais no meu caso, se você tiver alguma outra coisa, manda nos comentários, quem sabe não funciona para mais gente também?!

Continue reading